(Hello! If you can't read Portuguese, click here for the english version of this page)

O que é?

Purpurina é um dispositivo eletrônico projetado para auxiliar fotógrafos a criar incríveis imagens surreais usando light-painting.

Light-painting, ou pintura de luz, é uma técnica fotográfica usada para criar imagens artísticas usando a luz como pincel. Ao deixar o obturador da câmera aberto em um ambiente escuro, o fotógrafo captura não apenas o cenário escolhido, mas também toda a moviementação da fonte luminosa, que pode ser usada para desenhar sobre o objeto fotografado.

Usando o Purpurina o fotógrafo não fica limitado a desenhar traços luminosos, mas também pode reproduzir outras imagens sobre o cenário. Desenhos criados previamente em computador podem ser "impressos" em tempo real no momento em que a fotografia é feita. As imagens acima mostram exemplos desse processo. Nenhuma dessas imagens foi tratada em computador. Todos estes resultados foram obtidos usando o Purpurina.

Uma das coisas mais legais do Purpurina é que ele pode ser usado em trabalhos colaborativps: Cada fotógrafo traz seu Purpurina e todos eles se conectam, formando imagens ainda maiores.

O Purpurina é um projeto aberto, baseado em hardware e software livre, criado para permitir que outras pessoas possam reproduzí-lo e contribuir para sua evolução. O circuito é baseado em módulos idênticos e independentes que qualquer pessoa pode montar. Todas os componentes são simples e facilmente encontrados em qualquer loja especializada.

Como funciona?

O Purpurina é baseado no Arduino. Ele armazena internamente a imagem escolhida pelo fotógrafo. À medida em que o fotógrafo se move pelo cenário, carregando o Purpurina ligado, ele reproduz trechos da imagem desejada, linha a linha (Ou coluna a coluna)., Isso permite que a câmera capture cada pedaço da imagem. Ao fim do movimento do fotógrafo, a câmera terá capturado a imagem completa gerada pelo Purpurina. O projeto possui um sistema inteligente, para controlar a troca da imagem de acordo com a movimentação do fotógrafo.

O Purpurina é composto por módulos independentes. Cada módulo é composto por uma placa com componentes eletrônicos e acrescenta 16 pixels coloridos à imagem.

O fotógrafo pode decidir qual o tamanho ideal da fotografia e juntar até 32 módulos, formando uma imagem de até 512 pixels por coluna. Todos os módulos são idênticos e podem ser interconectados em qualquer ordem.

Virada Cultural

O Purpurina será parte da programação oficial da Virada Cultural 2012 em São Paulo, incluído nas atividades da Virada Hacker, promovida pelo Garoa Hacker Clube.

A partir das 20h00 do dia 5 de maio, sábado, estaremos desenhando com luz no Garoa. A participação é aberta a todo o público e é gratuita. Teremos um fotógrafo oficial registrando as imagens, mas todos são convidados a trazer suas câmeras e fotografar por diferentes ângulos.

Se você não puder comparecer, ainda pode participar enviando suas imagens para serem reproduzidas durante o evento. Clique aqui

Endereço:

O Garoa Hacker Clube fica nos porões da Casa de Cultura Digital:
Rua Vitorino Carmilo, 459
Santa Cecília - São Paulo, SP
CEP 01153-000

(5 minutos de caminhada a partir do Metrô Marechal Deodoro) 

Saiba mais